Livrai!

11 01 2009

 

 

“Um poema é um sentimento do mundo lavrado em palavras”.

  Drummond

 

O mundo palavrado
Em palavra terrena.
Pó e Cia,
Lavoura de poesia.

Numa palavra estamos todos nós.
O tempo é lavrado em nossa voz.

Nossa emoção do mundo,
O jeito que ele tem de abraçar-nos em esfera,
Superfície irregular de surpresas,
Choques, veludos e sonhos de certezas.

Com pandeiros e com peneiras,
Uní-vos!
Lavrai! Cantai! Livrai!

Livrai o mundo em páginas.
Mas antes de preenchê-las
Amai as antecedências
E o desabrochar das latências.

Anúncios

Ações

Informação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: