Janela da Alma

29 12 2008

 

Janelou…

Anelo da alma.

 

O contato,

Palavra-mágica das sensibilidades.

A realidade viva,

Um toque apenas.

 

Um martelo não poderia…

Nem os diplomas,

Nem o bolso, nem a bolsa com salto alto.

Nem as ogivas, nem um exército todo.

 

Janela…

 

Através de mim, aqui, em mim.

Abertura e exposição,

Realce de nós.

Luz fugaz, faísca tenra,

Anel iluminado: ligação.

 

O mundo…

 

O anelo… janelou.

 

A janela é qualquer superfície do meu ser.

 

                                   – Hans Machado

Anúncios

Ações

Informação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: